Gluteoplastia

A flacidez de pele e do músculo na região glútea pode surgir depois de perda importante de peso, devido ao sedentarimo, ou, ainda, pela perda natural de elasticidade da pele devido à idade. A cirurgia plástica dos glúteos ou gluteoplastia tem como objetivos remodelar ou aumentar a região das nádegas nestas pessoas.

O novo formato dos glúteos dependerá do tamanho, da forma das próteses utilizadas, bem como do biotipo original da paciente. Em geral, os resultados são bastante naturais, uma vez que as próteses são gelatinosas,maleáveis e se acomodam bem ao corpo.

Vídeo relacionado:


fonte: YouTube

​Duração:

Pode levar de duas a 3 horas, variando conforme a técnica e o tipo do procedimento proposto.

​Pós-operatório:

Com a tensão na cicatriz e o estiramento da pele na região, os pacientes podem sentir muita dor durante o período de recuperação. Além da dor, equimose e algum desconforto podem ocorrer. Os pacientes do implante de nádegas não poderão deitar de costas por aproximadamente 2 semanas. Volta ao trabalho: 2 semanas.

​Riscos:

Sangramento, infecção, danos musculares ou nervais. Os implantes podem mudar de lugar e fazer com que uma nádega pareça diferente da outra. Outros riscos incluem reações adversas à anestesia e a necessidade de uma segunda, às vezes terceira cirurgia.

​Técnica Utilizada:

O cirurgião coloca o paciente deitado de bruços, faz a incisão no sulco entre os glúteos. Um bolso é criado nas nádegas, entre os músculos, onde o implante será inserido.

​Anestesia:

Bloqueio regional com sedação ou geral.

Inscreva-se!

Inscreva-se!

Cadastrado com sucesso!