CIRÚRGIA PLÁSTICA

A cirurgia plástica não diverge de outras especialidades cirúrgicas em diversos aspectos. O principal deles é a busca de melhorar a saúde do individuo, seja reparando uma deformidade congênita ou adquirida, seja realçando ou corrigindo um atributo físico. Independente da “faceta” como a especialidade é vista, a cirurgia plástica reparadora e a cirurgia plástica estética, o princípio básico do exercício da medicina é mantido. Não há como pensarmos em melhorar a forma em prejuízo da função. Da mesma forma, não podemos conceber uma cirurgia reparadora que não busque a melhora estética, quando possível. Por isso o aperfeiçoamento técnico constante, a busca de novas tecnologias, o respeito aos princípios cirúrgicos e o bom senso devem nortear a cirurgia plástica.

PSICOLOGIA

Todos nós possuímos uma representação mental do nosso corpo que se constrói desde o nascimento. Esta representação faz parte da nossa autoimagem que engloba a percepção de si como um todo. Decidir mudar a aparência parece algo simples, mas exige a necessidade de internalizar uma nova autoimagem, aceitá-la e lidar com os efeitos internos e externos desta transformação.

O atendimento psicológico oferece um espaço para o indivíduo expressar suas expectativas, motivações, sentimentos e preocupações prévios e posteriores ao procedimento cirúrgico. A partir desta avaliação também é possível identificar a presença de sintomas ou quadros psicopatológicos e realizar o devido encaminhamento a estes casos.

 
ESTETICISTA

Algumas mudanças estéticas que geram o bem-estar das pessoas podem ser realizados sem a necessidade de uma intervenção cirúrgica, no entanto, esses procedimentos devem ser realizados com especialistas.

Assim, a Clínica José Amandio tem profissionais especialistas em tratamentos de beleza e responsáveis por cuidar da saúde do corpo e da pele, para que a saúde e autoestima do paciente sejam beneficiadas.

NUTRIÇÃO

Atualmente, a importância da adoção de hábitos de vida mais saudáveis tem refletido em efeitos benéficos na saúde e no bem estar, de forma que o cuidado e atenção com a alimentação tem se destacado como uma ferramenta de grande importância na melhoria da qualidade de vida e prevenção de doenças. Porém, a base da alimentação e do estilo de vida moderno se opõe a esta ideia.

Assim, o papel do nutricionista visa ajustar a alimentação diária, promovendo a educação nutricional e orientando as escolhas alimentares com foco nos objetivos traçados durante a avaliação e consulta nutricional. Esta atuação favorece o sucesso do tratamento dietético, refletindo em resultados mais expressivos e obtenção de saúde pela forma mais simples e prazerosa: a alimentação.

Inscreva-se!

Inscreva-se!

Cadastrado com sucesso!